Semob segue à conclusão de obras públicas

Três obras seguem em ritmo acelerado: a reconstrução das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF) Raimunda Lima Guedes e Roraima, e a construção do Parque no Meio do Mundo

0 48

Em Macapá, a Prefeitura Municipal avança em obras nos quatro cantos da capital. Os munícipes têm mais opções para a busca de instituições de saúde, educação, feiras e lazer. Os espaços construídos ou revitalizados deixam a cidade mais moderna e inteligente. Entre elas, três obras seguem em ritmo acelerado: a reconstrução das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF) Raimunda Lima Guedes e Roraima, e a construção do Parque no Meio do Mundo.

| Foto: Jesiel Braga/PMM

Escola Municipal Raimunda Lima Guedes

No bairro Marabaixo I, a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob) reconstrói a Escola Municipal Raimunda Lima Guedes, que está 70% concluída. Os serviços realizados são: instalação de novo sistema elétrico e hidráulico; troca do forro e telhado; pinturas diversas; novas portas, janelas e piso de concreto. O investimento é de R$ 1.061.061.74 do Tesouro Municipal.

A instituição atende cerca de 820 alunos do 1º ao 5º ano e Educação de Jovens Adultos (EJA) da 1ª a 4ª fase.

Tem aproximadamente 1.192 metros quadrados de área construída. Conta com 25 compartimentos, entre 10 salas de aula, setor administrativo, refeitório, banheiros com acessibilidade, salas de leitura e para o Atendimento Educacional Especializado (AEE), área verde, entre outros espaços.

Escola Municipal Roraima

No bairro Buritizal, na zona Sul, a Escola Roraima está 50% concluída. A reconstrução conta com os seguintes serviços: instalação de novo sistema elétrico e hidráulico; troca do forro e telhado; pinturas diversas; novas portas, janelas; piso de concreto e reforma das paredes. O investimento é de R$ 2.099.909.45 do Tesouro Municipal.

Parque no Meio do Mundo

O terreno possui 58 mil metros quadrados. O Parque do Meio do Mundo terá 20 mil metros de área verde. São aproximadamente oito hectares de área construída.

O espaço contará com áreas de convivência e um bosque central com árvores frutíferas, como jambeiro, cajueiro, mangueira e cupuaçuzeiro para atrair a população e os pássaros. A área verde terá árvores nativas da região amazônica, que servirão como pontos de sombreamento.

As espécies são Ipê branco, amarelo, rosa, faveiras e alvineiras.

O logradouro abrigará anfiteatro, copa, estacionamento, academia, estação saúde, setor administrativo, quiosques, lanchonetes entre outros lugares.

Tem, ainda: fontes, bancos, lixeiras, playground e Espaço Selvinha: área para diversão das crianças e jovens, com representação de grandes animais: onça; iguana; caranguejo; jacaré; pássaros; insetos e árvores. Os cenários do jacaré e caranguejo contarão com sistema de jatos d’água para brincadeiras e entretenimento.

| Foto: Jesiel Braga/PMM

Investimento da obra custa R$ 22.601.009.26 do Tesouro Municipal.

| Fotos: Jesiel Braga/PMM

Comentários
Carregando...