Lideranças Bolsonarista do Amapá fortalecem cenário para 2022

0 662

Em meio a incertezas sobre as normativas das eleições em 2022, nomes de direita e conservadores surgem como pretensos candidatos.

No último dia 07 de setembro, os movimentos em favor da pátria e pró-Bolsonaro reuniram milhões de pessoas no Brasil e no Amapá não foi diferente.

Em meio a multidão, nomes populares já ganham musculatura ideológica para a disputa em 2022.

- Advertisement -

Gesiel Oliveira – Pastor e oficial de justiça, apoiadores pedem sua candidatura ao Governo do Estado em 2022.

 

 

 

 

 

Coronel Palmira – Já disputou eleições e não obteve vitória, representante da classe militar, Coronel Palmira já comunicou apoiadores que deverá disputar ao Senado Federal.

 

 

 

 

 

 

 

Sueli Pini – ex-desembargadora e ativista política, Sueli sempre foi conhecida por pautas polêmicas e atrativas para a mídia, agora despontando no meio político admite que colocará seu nome ao sufrágio, porém ainda não definiu a qual cargo.

 

 

 

 

Cirilo Fernandes– Bolsonarista de carteirinha, foi candidato a Prefeito de Macapá e ficou em 4º lugar, lançou pré-candidatura ao Senado Federal para disputar a vaga de Davi Alcolumbre.

 

 

 

 

Guaracy Júnior – Candidato ao Senado em 2018, e a Prefeito em 2020, o Empresário e Pastor também não confessou a qual cargo lança seu nome em 2022. Mais próximos dizem que deverá disputar o Senado Federal ou Câmara.

 

 

 

 

 

 

 

 Carlos Evangelista– Autor do pedido de impeachment do Governador Waldez Góes e líder de diversos movimentos fora Waldez, O professor e advogado coordenou movimentos no último dia 07 e cogita disputar vaga na Assembleia Legislativa ou Câmara Federal.

Comentários
Carregando...