Prefeito Dr. Furlan e senador Randolfe Rodrigues assinam Ordem de Serviço para construção de Praça, no Residencial Mestre Oscar

Local será batizado de Mestre Guiga Melo, agente cultural que produzia os bonecos do bloco 'A Banda'. Prazo para construção é de 120 dias. Praça contará com busto do homenageado

0 21

Nesta quinta-feira (18), a Prefeitura de Macapá assinou Ordem de Serviço (OS) para construção da Praça Mestre Guiga, no Residencial Mestre Oscar, no bairro Ipê, Zona Norte da cidade.

O prazo é de 120 dias para instalação do Espaço Família, campo de grama sintética, calçamento e iluminação em led. Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob) será a executora e fiscalizadora dos serviços.

“Precisamos trabalhar o lazer, esporte e cultura. Entretanto, como trabalhar se não temos espaços públicos de qualidade para recebê-los? Iniciamos a política de qualificação e de recuperação dos logradouros. Esses investimentos mostram que as famílias macapaenses ficam felizes e se divertem”, opinou Dr. Furlan.

- Advertisement -

Espaço de lazer será construído em um terreno onde crianças e adolescentes costumam jogar futebol e praticar outras atividades. Na primeira etapa de construção, serão investidos R$ 2.700.000.00 de emenda Federal do senador Randolfe Rodrigues, mais contrapartida do Tesouro Municipal.

A cerimônia de assinatura da OS teve participação do chefe do Executivo, Dr. Furlan, acompanhado da primeira-dama do Município, Rayssa Furlan; habitantes do Conjunto; imprensa; comitiva municipal; crianças e adolescentes; vereadores e familiares do homenageado. Entre eles, a viúva, Paiody Rodrigues.

“Guiga Melo era um artista potente. Ele se orgulhava em ser artista e fazedor da cultura popular. Macapá foi a cidade que escolheu para viver. Tenho certeza que meu marido contribuiu com a arte e a cultura desta cidade”, afirmou.

O motorista, Antônio Miranda, avaliou a iniciativa do Poder Executivo. “A ideia de construir uma praça é muito bem-vinda. Será uma boa opção para o lazer que ainda não existe. Vamos, com certeza, curtir e aproveitar esse momento”.

O titular da Semob ressaltou que uma das prioridades da gestão é desenvolver políticas públicas para a população de bairros mais distantes do centro. “O conjunto Mestre Oscar terá um espaço existente semelhante ao Complexo Turístico Praça Nossa Senhora de Fátima. Portanto, as crianças não necessitarão sair do bairro e ir ao Centro para ter essas oportunidades”, frisou Cássio Cruz.

De acordo com o titular da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, Bruno Igreja, “as pessoas necessitam desse espaço para cuidar da saúde física e mental, por meio da prática esportiva. Em breve, será entregue para transformar a vida das pessoas do habitacional”, frisou.

O autor da emenda comemorou o fato e ressaltou que a parceria com a prefeitura resulta em “promover e permanecer com a história cultural”. “É uma homenagem a um dos mais belos patrimônios da cultura do Amapá. Mestres Oscar e Guiga foram fundamentais para a história cultural do estado. Vão ficar bem juntinhos. A construção do local será com todo o talento que a prefeitura faz em diversas obras e com todos os equipamentos públicos que o povo merece”, disse.

Quem foi Mestre Guiga Melo?

Aguinaldo José Gomes de Melo, o Guiga Melo, nasceu em Caruaru (PE), em 1958. Foi ator, diretor teatral e produtor cultural. Atuou em Macapá por mais de 30 anos. Foi agente cultural e produzia os bonecos do bloco ‘A Banda’.

Levou arte e cultura em praças, escolas e eventos culturais, ao lado da esposa, atriz e pedagoga Paiody Rodrigues. Foi ator e diretor da Companhia Viva de Teatro e direcionou os seguintes espetáculos: “Máscara de São Tiago” e “A Linha Imaginária e os Mistérios do Meio do Mundo”.

Guiga Melo e esposa | Foto: Arquivo Pessoal

Em 2016, recebeu o título “Mestre de Teatro de Bonecos do Nordeste”, do Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). No ano seguinte, recebeu o título de Mestre da Cultura Popular, por meio do Prêmio Leandro Gomes de Barros.

Foi vencedor do Prêmio Mira Muniz de Teatro e participou do documentário “Simãozinho Sonhador”, exibido para todo o Brasil em 2009. O longa foi vencedor do edital Doctv IV.

| Fotos: Jesiel Braga/PMM

Comentários
Carregando...