Nova UBS Dr. Lélio Silva e primeira Unidade de Pronto Atendimento do Buritizal são entregues à comunidade da Zona Sul

Reforma da UBS Dr. Lélio Silva durou um ano e seis meses. Construção da primeira UPA Municipal, em dois meses

0 123

Nesta terça-feira (31), a Prefeitura de Macapá entregou dois importantes equipamentos aos moradores da Zona Sul da cidade: a Unidade Básica de Saúde (UBS) Lélio Silva e a Unidade de Pronto Atendimento do Buritizal. Pela primeira vez, o município construiu e vai administrar uma UPA 24 horas para atendimentos de urgência e emergência. As duas unidades atenderão as comunidades dos bairros Congós, Buritizal, Novo Buritizal, Açucena, São José e entorno.

O investimento para reforma da UBS é de R$ 2.175.876.40 do Tesouro Municipal. Os serviços realizados pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob) foram demolição e remoção de paredes e painéis; reforma na estrutura; revestimento cerâmico para paredes; cobertura; pintura; pavimentação e impermeabilização; instalação de esgoto; aquisição de louças e metais; instalações de barras de apoio, guarda corpo e corrimão; paisagismo; sistema contra incêndio; instalação elétrica, de bancadas e de forro. O total de área construída é de 733 metros quadrados.

Os serviços oferecidos na UBS Dr. Lélio Silva serão atendimentos, consultas, exames laboratoriais de rotina, dispensação de medicamentos e atividades do Programa Saúde da Família (PSF).

A estrutura contará com secretaria, direção; copa; Serviço de Arquivo Médico e Estatística (Same); recepção do laboratório; laboratório; sala de coleta com três lugares; laboratório parasitológico; Sala de Expurgo; esterilização; sala de PCCU (exame preventivo para o câncer de colo do útero) com banheiro; sala de curativo; banheiros feminino, masculino e para Pessoas com Necessidades Especiais (PNE); dois consultórios; um consultório médico, sala de amamentação; repousos com banheiro; consultório de enfermagem; triagem; recepção; sala de odontologia; de vacinação; de medicação e da Clínica-Escola Coração Azul; farmácia e depósito da farmácia.

Na UPA do Buritizal, o valor investido é de R$ 924.982.59 do Tesouro, por meio do Fundo Municipal de Saúde. O total de área construída é de 537 m².  O local contará com as seguintes atividades:

Setor de Urgência – Com espaço para quatro leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e aparelhos; duas pias de apoio e posto de enfermagem.

Setor de Pronto Atendimento – Com recepção; triagem; Núcleo Interno de Regulação; sala para curativo; três consultórios; banheiro para PNE e adaptado para pacientes ostomizados. Estes últimos são indivíduos que passaram pela ostomia, uma cirurgia que abre uma pequena passagem no abdômen, chamada ostoma, para a saída de fezes e urinas.

Setor de Observação – Com farmácia satélite; sala de leitos para observação e com 13 poltronas para inalação e aplicação de medicação pediátrica e adulto; posto de enfermagem e banheiro para PNE.

Setor de Diagnóstico – Com Sala de Raio-X; câmara escura; laboratório e banheiro.

Setor de Apoio Técnico – Abrange copa; área de serviço; depósito; administração; rede lógica; banheiro para funcionários; salas para descanso com banheiro; repouso médico, sala de expurgo; sala de preparo; sala de esterilização; necrotério; espaços para resíduos comuns, infectantes e recicláveis; casa de oxigênio; casa do gerador e portão lateral para funerária.

Comunicação Visual – Com as seguintes sinalizações: totens de entrada e saída para ambulância; placas de sinalização externas de Pronto Atendimento e Urgência e placa externa de identificação “UPA 24h” na fachada principal. Todas as sinalizações seguem os padrões estabelecidos pelo Manual de Identidade Visual de UPA.

A estrutura da UPA tem, ainda, administração, salas de medicação e de curativo, Sala Vermelha, com quatro leitos de UTI, bebedouros, sala de armazenamento, paisagismo, lixeiras, iluminação e piso tátil. A Rua José Valente dos Santos – endereço das Unidades – recebeu asfaltamento em 60 metros, iluminação em led e sinalização da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac). A intenção da Prefeitura é facilitar a locomoção das ambulâncias e da população aos equipamentos de saúde sem dificuldades.

A professora aposentada, Neuza Ribeiro, mora no Novo Buritizal desde 1983. Segundo ela, “com muito esforço”, os habitantes se uniram e pediram ao poder público providências sobre a reforma da Unidade. Em alguns momentos, a imprensa foi acionada. Para Ribeiro, a reivindicação dos moradores foi essencial para a reforma do posto.

“Antigamente o atendimento era precário. Não tinha tudo, mas funcionava. Muitas pessoas moram aqui e precisam de um serviço de qualidade. A maioria não tem locomoção para buscar outro posto devido às condições financeiras. Contamos os dias para que fossem inauguradas. As unidades vão ajudar a comunidade carente. Estamos felizes”, frisou.

“Nasci e cresci nesse bairro. Tomei as primeiras vacinas na UBS Dr. Lélio Silva. Para mim, é uma honra ver essa belezura. Não será preciso se deslocar para longe”, revelou o morador Adrio Vinicius.

De acordo com a secretária de Saúde, Erica Aymoré, os dois dispositivos vão proporcionar melhores condições para atender pacientes e oferecer dignidade para os profissionais trabalharem em um ambiente adequado.

“Foram 11 equipamentos de saúde entregues na gestão do Dr. Furlan. Dispositivos que melhoram a assistência no Município. Temos projetos inovadores que a gente nunca ouviu falar e que agora tem. Avançamos na média complexidade e proporcionamos saúde na capital, nos conjuntos habitacionais, nos distritos e nas regiões ribeirinhas. Fizemos muito e ainda queremos fazer muito mais”, disse.

Para o prefeito, Dr. Furlan, a entrega da UBS Dr. Lélio Silva e a UPA do Buritizal representa a realização de um sonho. “A Prefeitura de Macapá tem uma rede de urgência e emergência que antes não tinha. Isso iniciou na pandemia de Covid-19. Quando assumimos, a primeira medida tomada foi a criação de Salas Vermelhas nas UBSs Lélio Silva, Marabaixo e Marcelo Cândia. Montamos uma UTI no Covid Santa Inês. A partir daí, iniciamos a urgência e emergência nas UBSs. Essa decisão evita que as pessoas procurem o Hospital de Emergências. Corremos contra o tempo e fazemos o que é possível para que as pessoas tenham uma saúde digna e de qualidade”.

Presentes na cerimônia de entrega o secretariado Municipal, parlamentares, servidores, imprensa e população em geral.

| Fotos: Jesiel Braga/PMM e Arthur Alves/PMM

- Advertisement -

Comentários
Carregando...