MacapaTur prorroga inscrição para a 2ª edição da Batalha Spike Breaking

Interessados têm até terça-feira (23) para fazerem a inscrição que é presencial e gratuita, no Instituto Municipal de Turismo (MacapaTur)

0 87

Foram prorrogadas as inscrições para a segunda edição da competição Spike Breacking em Macapá, que acontece no estádio Glicerio Marques nos dias 27 e 28 de maio. Os interessados têm até terça-feira (23) para fazerem a inscrição que é presencial e gratuita, no Instituto Municipal de Turismo (MacapaTur), das 8h às 14h.

O Instituto Municipal de Turismo (MacapaTur), fica localizado na Avenida Antônio Coelho de Carvalho, 319, Santa Rita.

A segunda edição da Batalha vai definir a seleção amapaense do breacking. O objetivo é incentivar os atletas a atingirem índices nacionais.

- Advertisement -

O evento é realizado pela Prefeitura de Macapá, Instituto Cultural e Educacional Formar (ICEF), com a colaboração da Rede Amazônica.

Para a diretora do Macapatur, Leda Sadala, o evento acontece de forma especial, com parcerias importantes e com a prefeitura de Macapá acreditando nos atletas e no crescimento da modalidade.

“Todo esse trabalho acontece por meio de uma emenda do vereador Catano Bentes. O Spike Breaking deixa de ser uma dança de rua e passa a ser reconhecido como uma modalidade esportiva. Temos esperança que Macapá tenha um representante na equipe Olímpicas em 2024 e que ganhemos medalhas”, diz a gestora.

No ato da Inscrição os participantes recebem kit com camisas que deverão ser usadas nos dias de competição, que já tem confirmado a presença de atletas de outros países, com isso, Macapá entra na rota do turismo esportivo nacional e Internacional.

Ainda no evento, a Macapatur montará um feira com a comercialização de produtos do hip-hop.

Modalidades:

Individual B. boy – Premiação para o 1º, 2º e 3º colocado.
Individual B. girl – Premiação para o 1º, 2º e 3º colocado.
Crew (trio) – Premiação para o 1º, 2º e 3º colocado.

A Batalha Spike Breaking foi idealizada em homenagem ao b-boy Spike, falecido em 2021.

O Breaking fez sua estreia olímpica nos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, em 2018. Após o sucesso, foi escolhido para figurar no programa de esportes olímpicos de Paris 2024 como um novo esporte.

Nos Jogos de Paris 2024, a competição será com 16 B-Boys e 16 B-Girls que se enfrentarão em batalhas solo.

Comentários
Carregando...