Macapá é categoria ‘A’ no Mapa do Turismo Brasileiro

É o Mapa que define o recorte territorial que deve ser trabalhado com prioridade pelo Ministério do Turismo

0 60

Macapá é a única cidade do estado do Amapá classificada na categoria “A” do Mapa do Turismo Brasileiro 2024, divulgado pelo Ministério do Turismo. O Mapa elegeu a Região Turística Meio do Mundo como município com real vocação turística. Somente os municípios com maior fluxo turístico e maior número de empregos e estabelecimentos no setor de hospedagem é que integram a “Categoria A”.

Os pontos que mais movimentam o turismo na cidade são o Balneário da Fazendinha, Bioparque da Amazônia, Mercado Central, Praça Floriano Peixoto e a Fortaleza de São José.

Além de eventos culturais que atraem uma grande quantidade de pessoas para a cidade como Macapá Verão, Carnaval, Festa Junina, Círio de Nazaré e Ciclo do Marabaixo; e oferece ao turista opções de Aventura, Cultura, Eventos e Ecoturismo.

- Advertisement -

A capital amapaense já está no Calendário Nacional de Eventos no Ministério do Turismo, com o Festival Gastronômico.

É o Mapa do Turismo Brasileiro que define o recorte territorial que deve ser trabalhado prioritariamente pelo Ministério. A categorização identifica o desempenho da economia do setor nos municípios que constam no Mapa do Turismo Brasileiro. Macapá está na categoria A.

O mapa

De acordo com o Ministério do Turismo, o mapa agrega municípios que consideram o setor turístico como estratégico para o desenvolvimento socioeconômico. A classificação é feita em categorias entre “A” e “E” e leva em consideração itens como número de estabelecimentos de hospedagem e emprego nestes locais, estimativa de visitantes nacionais e internacionais e arrecadação de impostos federais no setor.

Em 2016, Macapá e outras quatro cidades do Amapá entram no ranking do Programa de Regionalização do Turismo do Governo Federal. O Mapa é atualizado há cada 2 anos. Gestores de cada município informam os requisitos ao Ministério do Turismo para a nova inclusão, o que faz a cidade subir ou descer de categoria. Inclusão no Mapa pode representar a captação de recursos.

Após a atualização dos dados, cidades recebem um certificado que comprova que o município faz parte dos destinos nacionais que trabalham o turismo como desenvolvimento econômico e geração de emprego e renda.

Em 2024, o Ministério avaliou questões como, por exemplo, o município ter órgão de turismo, Conselho Municipal de Turismo ativo, disponibilidade de atrações e políticas públicas para o setor. Isso levou Macapá à colocação mais alta no ranking, categoria A.

Balneário da Fazendinha

Único balneário do Amapá localizado nas margens do Rio Amazonas. No local, acontece o maior evento de verão da cidade, o Macapá Verão, com atrações como o passeio de barco ‘River Tour Caboclo’ pela Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Amazonas, esporte de aventura no rio ‘Banana Boat’ e Luau da Cidade.

Bioparque da Amazônia

O Bioparque da Amazônia, em Macapá, abraça três biomas presentes no estado do Amapá. Entre as atrações, está a biodiversidade do local, que reúne ambientes de floresta de terra firme, cerrado e campos inundados e conta com mais de 70 espécies de árvores e animais, além de tirolesa e as trilhas aquática e suspensa. O local é um espaço para contemplação da natureza e prática de esportes de aventura e canoagem.

Praça Floriano Peixoto

Localizada no coração da cidade, a Praça foi apontada pelo Mapa como uma das maiores atrações turísticas do município. O local é considerado um dos cartões postais mais belos de Macapá, com abundante arborização, passeio de pedalinho pelo lago e fácil acesso ao público.

Comentários
Carregando...