Homenagens e emoção marcam cerimônia do Prêmio Semel Melhores do Esporte 2023

Um dos momentos marcantes do evento foi lembrar de uma das pessoas que fez parte da história do esporte macapaense, Felipe Cabocão Colares

0 85

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) realizou, na última quarta-feira (8), a cerimônia do Prêmio Semel Melhores do Esporte 2023 que homenageou o saudoso lutador de Artes Marciais Felipe “Cabocão” Colares.

O evento teve o objetivo de reconhecer e homenagear desportistas, ex-esportistas, atletas, técnicos e federações que tiveram grande representatividade na capital.

- Advertisement -

“Foi um momento de emoção e alegria, uma das maneiras que encontramos de valorizar os atletas pelo seu nível de envolvimento com o esporte e pela contribuição em fazer de Macapá uma cidade que mais estimula a prática de atividades físicas”, frisou o secretário da Semel, Bruno Igreja.

Secretário da Semel, Bruno Igreja I Foto: Abel Neto/PMM

Foram homenageados atletas nas modalidades coletivas, individual combate, individual geral e modalidade paradesportiva.

A pequena Donatella Martins, 8 anos, campeã amapaense de jiu-jítsu, conquistou 21 medalhas, 1 cinturão e troféu foi uma das homenageadas na categoria revelação do esporte.

“Agradeço aos meus pais pelo incentivo. Gostei muito da homenagem”, disse a atleta.

Esporte inclusivo

O paratleta Isaac Vilhena, conquistou medalhas estaduais na modalidade bocha paralímpica, comemorou a inclusão da sua categoria no esporte macapaense.

“Agradeço pela oportunidade de estar aqui sendo homenageado. Estou muito feliz por sermos incluídos e valorizados no esporte macapaense. Estar aqui compartilhando de minhas conquistas não tem preço”, disse o paratleta.

Homenagem póstuma

Um dos momentos marcantes do evento foi lembrar de uma das pessoas que fez parte da história do esporte macapaense, Felipe Cabocão Colares, o atleta foi o segundo lutador amapaense a conquistar o cinturão do jungle figth, o maior evento de Mixed Martial Arts (MMA) da América Latina, além de fazer seis lutas no UFC entre 2019 e 2022.

A viúva de Felipe Cabocão, Jaqueline Amaral, falou da importância do evento e agradeceu a todos pela homenagem.

“É uma honra imensurável estar participando desse momento. Ele vestiu a camisa do Amapá. Só tenho a agradecer aos idealizadores do evento por essa linda lembrança”, finalizou Jaqueline.

Comentários
Carregando...