Governo do Amapá contabiliza mais de 1,7 mil novas empresas abertas em 2023

Para 2024, a expectativa é manter o crescimento, a partir das novas ferramentas, que facilitam a abertura de negócios

0 21

O Amapá registrou a abertura de 1.772 novos empreendimentos de janeiro a dezembro de 2023. Só no setor de serviços, foram 898 novas empresas contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico do estado.

Os dados são da Junta Comercial do Amapá (Jucap). Para 2024, a expectativa é manter o crescimento, a partir de novas parcerias e de ferramentas inovadoras. Uma dessas iniciativas é a Rede Simples, lançada em outubro de 2023 pelo Governo do Estado com o objetivo de simplificar os procedimentos para abertura de empresas.

ACESSE AQUI A REDE SIMPLES

- Advertisement -

“O Governo do Estado atua para que a Jucap seja esse órgão cada vez mais integrador e, para isso, estamos buscado parcerias. Já firmamos cooperação com oito das 16 prefeituras e, em breve, teremos com todas. Isso tudo para facilitar a vida do empreendedor, para melhorar cada vez mais os índices econômicos do estado e gerar mais empregos”, detalha o presidente da Jucap, Alberto Alcolumbre.

O gestor destaca que os números são resultado de incentivos e apoio do Governo do Amapá para estimular a criação e a expansão de empreendimentos, gerando mais emprego e renda.

“Em 2022, o tempo médio para abertura de uma empresa era de 6h13. Agora, em 4h49 é possível realizar o processo. Hoje, nós oportunizamos às pessoas dos municípios mais distantes a facilidade de registrar os seus empreendimentos, sem ter que deslocar-se até a capital, pois é possível fazer tudo pela internet”, concluiu o presidente.Mais alcance

Em 2023, dezembro foi o mês com maior abertura de empresas, foram 118 novos empreendimentos, sendo 54 do setor de serviços, 54 do setor de comércio e 10 da indústria. Entre os segmentos de maior crescimento, se destaca o comércio varejista, com abertura de 10 novos negócios, como minimercados, mercearias e armazéns.

Em segundo lugar, está o varejo de roupas e acessórios, com sete novas empresas, seguido pelo ramo odontológico, que abriu 3 postos de atendimento.

A capital amapaense desponta como líder no número de novos negócios, registrando um total de 80 empreendimentos no último mês do ano passado, seguida por Santana com 23 e Oiapoque com cinco. Os municípios de Laranjal do Jari e Porto Grande registraram quatro empresas cada.

Os dados apresentados não englobam a abertura de Microempreendedores Individuais (MEIs), indicando um potencial ainda maior no cenário empreendedor do estado.

A Junta Comercial do Amapá funciona na Avenida FAB, nº 1610, no Centro de Macapá, das 8h às 13h.

Comentários
Carregando...