Curso gratuito ensina estratégias de prevenção ao HIV em Macapá

Profissionais da saúde municipal podem se inscrever para aprender sobre PEP e PrEP, métodos que reduzem o risco de infecção pelo vírus

0 29

A Prefeitura de Macapá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), vai realizar um curso profissionalizante sobre estratégias de prevenção ao HIV: PEP e PrEP. O curso é voltado para profissionais da saúde que atuam na rede municipal e tem como objetivo capacitar os participantes sobre os conceitos, indicações, benefícios e desafios desses métodos de profilaxia.

Capacitação faz parte das ações do “Dezembro Vermelho”, campanha que visa conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do tratamento adequado contra o HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

O curso será ministrado nesta sexta-feira (15), das 15h às 17h, no Centro de Especialidades Dr. Papaléo Paes (Ceppaes), localizado na Avenida FAB, nº 69, no Centro. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no primeiro dia do curso. São oferecidas 100 vagas e os participantes receberão certificado.

- Advertisement -

PEP e PrEP são siglas que se referem à Profilaxia Pós-Exposição e à Profilaxia Pré-Exposição, respectivamente. Ambas são estratégias que utilizam medicamentos anti-HIV para reduzir o risco de infecção pelo vírus em pessoas que se expuseram ou que se expõem a situações de risco, como sexo sem preservativo, compartilhamento de seringas ou violência sexual.

PEP consiste no uso de um coquetel de medicamentos por 28 dias, iniciado o mais rápido possível após a exposição ao vírus, preferencialmente nas primeiras duas horas e no máximo em até 72 horas. A PrEP consiste no uso diário de um comprimido que combina dois medicamentos, iniciado antes da exposição ao vírus e mantido por um período indefinido, dependendo de diversos fatores.

Ambas as estratégias são seguras, eficazes e fazem parte do conjunto de medidas de prevenção combinada, que inclui também o uso de preservativos, a testagem regular, o tratamento das ISTs e a terapia antirretroviral para as pessoas que vivem com HIV. O tratamento com PEP e PrEP é garantido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e pode ser acessado nas unidades de saúde que oferecem esse serviço.

Segundo a Semsa, o curso visa ampliar o conhecimento dos profissionais da saúde sobre essas estratégias, que ainda são pouco conhecidas e utilizadas pela população. A secretária municipal de saúde, Dra. Erika Aymoré, ressalta a importância da capacitação para melhorar a qualidade da assistência e da prevenção ao HIV em Macapá.

“O curso é uma oportunidade para os profissionais da saúde se atualizarem sobre essas estratégias, que são fundamentais para reduzir a transmissão do HIV e salvar vidas. Queremos que eles sejam multiplicadores dessas informações e que possam orientar e encaminhar as pessoas que precisam ou que desejam fazer uso da PEP ou da PrEP. Com isso, esperamos contribuir para o controle da epidemia de HIV em nossa cidade e para a promoção da saúde sexual e reprodutiva da população”, afirma.

Comentários
Carregando...