vPacientes do Capsi participam de atividades em alusão a campanha Abril Azul

Manhã contou com momentos de relaxamento e promoção de saúde para crianças e adolescentes do centro

0 147

No mês da Conscientização do Autismo, crianças e familiares dos usuários do Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Capsi), participaram da ação voltada para propagação de informação sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA). A Secretaria Municipal de Saúde(Semsa) promoveu esse  momento pensando no relaxamento e interação entre os profissionais e pacientes.

A ação faz parte da programação da ‘Semana da Informação de Consciencialização do Transtorno do Espectro Autista’, proporcionando um maior esclarecimento sobre o TEA, para contribuir na luta contra o preconceito e estigmas que são construídos sobre pessoas com autismo.

A psicóloga Wilma Ramos, levou seu filho Ruan Ramos, de 3 anos, para participar das atividades da programação. A mãe conta que o menino está em processo de rastreio e percebeu os sinais de TEA no garoto, após a pandemia.

- Advertisement -

 “Meu filho tem um atraso perceptível na fala e na interação social, ver ele entrando na sala e interagindo com os profissionais é algo incrível, isso para mim já é um momento maravilhoso”, desabafa.

As atividades foram desenvolvidas em conjunto com a família da criança |Foto: Renato Costa/ Semsa

Durante o evento foi ofertado Oficinas Culinárias, atividades práticas integrativas, arteterapia, vacinação de rotina e da Covid-19, e para propagar a informação sobre o autismo foi realizado roda de conversa entre psicóloga e pais de autistas.

A profissional de fisioterapia do Capsi, Talita Cristina, desenvolve com os pacientes atividades em grupo e de forma individual, para trabalhar o desenvolvimento social do usuário. “O nosso trabalho ajuda e estimula a participação com outras crianças na comunidade, e a participação da família na terapia e de grande importância no processo de desenvolvimento da criança’, explica.

Talita desenvolvendo momento de pintura com paciente do Capsi |Foto: Renato Costa/ Semsa

Programação acontece para enfatizar a campanha Abril Azul: Mês da Conscientizar do Autismo, data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), no ano de 2007. Durante esse mês é incentivado a busca por informações sobre o TEA e a construção de uma população mais consciente e menos preconceituosa.

“Reduzir o preconceito e fornecer melhor qualidade de vida é o principal foco dessa ação. Queremos esclarecer e tirar dúvidas em relação ao autismo, agregando e trazendo conforto para essas famílias”, destaca Silvia Ferraz, Responsável pela subdivisão de atendimentos Nutricionais em TEA da Semsa.

CAPSI

O Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Capsi) trabalha com crianças e adolescentes de 3 a 18 anos com TEA e transtornos mentais severos e persistentes. Os serviços do TEA são ofertados para a população, basta buscar o centro para entrar na lista de espera.

Para começar o processo e receber os atendimentos é necessário apresentar comprovante de residência, identidade do responsável e da criança e cartão do SUS.

Em seguida é realizado um processo de avaliação para verificar se a criança ou adolescente se encaixa no perfil das pessoas atendidas no centro. Através desse processo é possível verificar quais atendimentos essa criança vai precisar receber.

O Capsi conta com uma equipe de profissionais realizando acompanhamento com psicólogo, psicoterapia, fisioterapia, fonoaudiólogo, enfermagem e serviço de assistência social, terapia ocupacional, terapia individual e em grupo e oficinas terapêuticas

Veja a programação do evento:

Tema: Semana da Informação Consciente Sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Terça-feira (04/04)

Local: Clínica Escola Coração Azul, na Av. Procópio Rola, nº 1176, Central

8h e 14h – Oficina culinária com nutricionista

Quarta-feira (05/04)

Local: Centro Especializado em Reabilitação (CER), na Rua das Pupunhas, 650 – Infraero

8h – Roda de conversa entre psicóloga e pais de autistas

14h – Atividades de Educação Alimentar e Nutricional e Oficina Culinária com pacientes autistas

14h – Roda de conversa entre pais de autistas e o advogado e autista Helder Afonso

Quinta-feira (06/04)

Local:  Unidade Básica de Saúde São Pedro, na Rua Jovino Dinoá, 3985 – Beirol

8h – Roda de conversa entre pais de autistas e o advogado e autista Helder Afonso14h – Roda de conversa entre psicóloga e pais de autistas

Comentários
Carregando...