TEAtendemos chega em sua 5ª edição com expectativa de 600 atendimentos

Ação é direcionada às famílias que estão na lista de espera em unidades de Saúde Mental do município

0 108

A 5ª edição do TEAtendemos é realizada neste final de semana, nos dias 30 de setembro e 01 de outubro. Os atendimentos são realizados pela Prefeitura de Macapá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), voltado para famílias que estão na lista de espera e já receberam a ligação para os atendimentos do diagnóstico do Transtorno do Espectro Autista (TEA). Projeto acontece no Centro de Especialidades Dr. Papaléo Paes.

O Prefeito Dr. Furlan, destacou que os atendimentos são disponibilizados para famílias que precisam do diagnóstico. “Hoje tiveram pacientes de vários distritos da capital, Maruanum, Abacate da Pedreira e Ipixuna Miranda que também receberam os serviços. Tudo isso mostra que o projeto está chegando para todos”, ressaltou o prefeito.

O projeto terá outras edições, com cada uma delas acontecendo uma vez por mês. Serão atendidas todas as crianças inscritas na fila de espera que aguardam avaliação profissional.

A diretora do Ceppaes, Leticia Cardoso, falou que serão mais 600 atendimentos realizados nos dois dias de ação. “A nossa expectativa e de mais de 600 atendimentos neste sábado e domingo. Famílias que vieram do interior poderão voltar para seus distritos com o resultado dos exames disponibilizados nesses dois dias”, disse a gestora.

O mutirão possui uma equipe multiprofissional e oferta consultas com neuropediatra, psiquiatra, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogo, e ainda disponibiliza exames necessários para o diagnóstico, como o BERA, tomografia computadorizada e eletroencefalograma.

As moradoras do distrito de Maruanum, Rozeli Costa, Joliane Silva e Janaína Ramos, levaram seus filhos para serem atendidos na ação e divergem da ideia de que os serviços disponibilizados são importantes para o diagnóstico.

“São atendimentos muito importantes para nós mães, pois há anos esperávamos por essa oportunidade que foi dada. Viemos trazer nossos filhos e obter o diagnóstico tão esperado. Só temos a agradecer aos envolvidos na ação”, completou Rozeli.

A ação é direcionada às famílias que estão na lista de espera em dispositivos de Saúde Mental do município como, Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPSi), Centro Especializado em Reabilitação (CER) e Clínica Escola Coração Azul.

- Advertisement -

Comentários
Carregando...