Maio Furta-cor: Macapá adere a campanha com foco na saúde mental materna

Programação contará com rodas de conversa promovidas nas UBSs. Cuidados com a saúde mental das mães precisam acontecer desde a gestação

0 103

Ao longo do mês de maio, Macapá estará mobilizada pela campanha com foco na saúde mental materna: Maio Furta-Cor. Para fortalecer o movimento nacional que este ano abordará “Saúde Mental Materna Importa. Se importe com a mãe. Assuma essa causa!”, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) organizou uma programação dedicada à promoção da saúde mental materna no período gestacional e pós-parto.

A programação contará com rodas de conversa promovidas nas Unidades Básicas de Saúde, entre especialistas, gestantes e mães para abordar os desafios e vivências da maternidade.

“Os nove meses de gestação apresentam suas dificuldades, e o puerpério não é diferente. Condições que podem resultar em ansiedade, transtornos, estresse e depressão. Maio é o mês que se comemora o dia das mães. É o momento oportuno para promover espaços de escuta, dar maior visibilidade e construir redes de apoio às causas maternas”, reforçou a chefe do Departamento de Ciclos de Vida, Larissa Moraes.

- Advertisement -

A psicóloga Evellyn Meireles é uma das representantes da campanha na capital e destaca que dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), de 2018 a 2021, mostram que uma em cada quatro mães em situação de vulnerabilidade socioeconômica no Brasil, apresentaram sintomas depressivos no primeiro ou segundo ano pós-parto, ou em ambos.

“O movimento alerta para a maternidade real, a exaustão e as dificuldades vividas pelas mulheres que assumem esse papel. Cada mulher tem a sua própria maternidade, por isso a importância de falar sobre os sofrimentos maternos e sensibilizar a população a olhar com mais cuidado e afeto para todas as mães”, comentou a especialista em psicologia perinatal.

Rodas de conversa

08.05 – UBS Pantanal – 8h30
16.05 – UBS Marcelo Cândia – 8h30
18.05 – UBS Marabaixo – 8h30
19.05 – UBS Macapaba – 8h30
26.05 – UBS Leozildo Fontoura Barreto – 14h30

Campanha

O Maio Furta-cor foi idealizado em 2020 pela psicóloga Nicole Cristino e a psiquiatra Patrícia Piper e a escolha pelo furta-cor se deve ao fato que esta é uma cor cuja tonalidade se altera de acordo com a luz que recebe, adequando todas as cores. A maternidade também é assim, nela cabem todas as cores, e não somente uma única cor.

Comentários
Carregando...