Randolfe solicita antecipação do BPC e do Auxílio Brasil para os atingidos pelas chuvas no Vale do Jari

As chuvas intensas já se arrastam por dois meses. A cheia do Rio Jari atinge mais de 4,3 mil famílias, a medida é compatível com o cenário

0 35

O senador Randolfe Rodrigues (Rede) solicitou hoje (30) ao Ministério da Cidadania que empreenda todos os esforços para viabilizar a antecipação Benefício de Prestação Continuada (BPC) e do Auxílio Brasil para todos os atingidos pelas chuvas em Laranjal e Vitória do Jari, no Amapá.

As chuvas intensas já se arrastam por dois meses. A cheia do Rio Jari atinge mais de 4,3 mil famílias, a medida é compatível com o cenário. “Muitas pessoas precisaram ser retiradas de suas residências e transferidas para abrigos provisórios, além de outras ainda estarem desalojadas. É uma grave e cruel crise humanitária, que motivou a decretação do estado de emergência nas cidades”, explicou o senador no documento.

Segundo estimativas da Defesa Civil, no Amapá, na última semana do mês de abril, 16 mil pessoas haviam sido atingidas direta ou indiretamente pelos efeitos das cheias, mais de quatro mil famílias afetadas, quase 200 famílias desalojadas, 22 famílias desabrigadas em onze bairros e 19 comunidades. Outras 2,5 mil pessoas estavam em situação precária em Vitória do Jari. Quase 81% da população do município foram atingidos pelas enchentes.

- Advertisement -

“Estive no Jari e pude ver de perto a necessidade da população. Nós fizemos a entrega do prédio da Vigilância Sanitária, fruta de emenda de nossa autoria e ainda distribuição de cestas básicas para os mais atingidos pela alta do nível do rio, mas precisamos garantir que o povo tenha o que comer”, reforçou o parlamentar.

O Corpo de Bombeiros Militar (CBM) do Amapá informou que o nível do Rio Jari atingiu o maior nível dos últimos 10 anos, chegando a marca de 3,34 metros em Laranjal do Jari e as chuvas continuam no Estado.

Comentários
Carregando...