Prefeitura avança para fase final de obras de escolas municipais

Unidades de ensino: Pequeno Príncipe, Prof. Bigu e Profª. Lúcia Neves Deniur estão em acabamento para serem entregues em breve

0 147

A Prefeitura de Macapá segue com a conclusão de obras por toda cidade e desta vez, avança em ritmo acelerado nos trabalhos em três escolas municipais: Escola Municipal de Ensino Infantil (EMEI) Pequeno Príncipe, na Zona Central, e as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) Lúcia Neves Deniur e Professor Bigu, ambas na Zona Norte.

Executadas pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob), duas das escolas são resultados de reconstrução, são elas: EMEI Pequeno Príncipe e Profª Lúcia Neves Deniur. Já na EMEF Prof. Bigu se trata de uma construção.

EMEF Profª Lúcia Neves Deniur

No bairro Brasil Novo, a Prefeitura de Macapá reconstrói a EMEF Profª Lúcia Neves Deniur. A unidade de ensino tem aproximadamente 1.325m² de área construída, com 31 compartimentos entre salas de aula, setor administrativo, refeitório, sala de leitura e sala para o Atendimento Educacional Especializado (AEE), banheiros com acessibilidade, área verde, entre outros espaços.

A obra está aproximadamente 85% concluída e em fase de acabamento com os serviços de instalação de novo sistema elétrico e hidráulico; troca do forro; pinturas diversas e entre outros. O investimento é de R$ 1.671.467,61 oriundos do Tesouro Municipal.

EMEI O Pequeno Príncipe

Localizada no bairro Central, a unidade escolar também é reconstruída pela gestão municipal com uma área de 2.260m² e mais de 70% da obra concluída.

O investimento é de R$7.893.574,95, provenientes do Tesouro Municipal. O local irá contar com 12 salas de aulas, sala dos professores, coordenação pedagógica, coordenação administrativa, secretaria, diretoria, refeitório, cozinha, jardim e banheiros com acessibilidade.

EMEF Professor Bigú

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Bigú está com 65% da obra concluída e fica localizada no bairro Ypê, na Zona Norte. O nome do colégio é uma homenagem ao professor de matemática e pai da vereadora Maraína Martins.

A unidade escolar irá atender cerca de 420 alunos com 14 salas de aula, setor administrativo, refeitório, banheiros com acessibilidade e quadra poliesportiva (vôlei, futsal e basquete), dentre outros espaços.

A construção tem recursos de R$ 6.832.000,00 do Tesouro Municipal e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Confira mais fotos:

- Advertisement -

Comentários
Carregando...