Com apoio da Prefeitura, paratletas amapaenses seguem para Campeonato Brasileiro em São Paulo

Campeonato acontece de 18 a 22 de abril. Equipe acredita no sucesso dos competidores

0 151

Na tarde desta segunda-feira (17), paratletas que receberam passagens aéreas da Prefeitura de Macapá embarcaram para São Paulo onde vão competir por medalhas no Campeonato Paralímpico Brasileiro. O campeonato acontece de 18 a 22 de abril.

O prefeito de Macapá, Dr. Furlan, esteve no aeroporto para desejar boa sorte aos jovens e foi recebido com o carisma de sempre pela equipe e pelos pais dos competidores. “Esta é a maior delegação do município que viaja para competir num grande campeonato, e eles estão animados e vão trazer medalhas”, disse Dr. Furlan.

Paratleta Amanda Brito I Foto: Arthur Alves / PMM

- Advertisement -

Amanda Brito, 17 anos, compete nas modalidades arremesso de peso e lançamento de disco e dardo. Ela disse estar confiante nos treinamentos aos quais se dedicou. “Treinei junto com minha equipe e me sinto preparada. Já tenho 8 medalhas, entre ouro e bronze, e pretendo conquistar mais algumas. Agradeço a prefeitura de Macapá por nos dar essa oportunidade de ir para São Paulo. Essa viagem é muito importante”, falou, empolgada.

O apoio da Prefeitura para a compra das 29 passagens aos paratletas foi fundamental para que eles pudessem viajar. O grupo contemplado faz parte do projeto “Jogos Paradesportivos Escolares”, de apoio ao esporte em Macapá.

Luziwania Oliveira, coordenadora do projeto “Jogos Paradesportivos Escolares” I Foto: Arthur Alves / PMM

A coordenadora do projeto, Luziwania Oliveira, antes de embarcar com a equipe, falou sobre a expectativa de resultados no campeonato. “Estamos com boas expectativas. Nossos paratletas treinaram e estão confiantes. O município de Macapá vai ser bem representado por nossas crianças”.

Os competidores retornam à Macapá no próximo domingo (23). O projeto é desenvolvido pela Divisão de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com a Universidade Federal do Amapá (Unifap) e o Centro Paralímpico Brasileiro (polo Macapá).

Foi criado em 2022, tendo como público-alvo as crianças regularmente matriculadas nas escolas municipais de Macapá, visando incentivar a prática esportiva das pessoas com deficiência física, visual e intelectual.

Foto: Arthur Alves | PMM

Comentários
Carregando...